Plantando com tecnologia, colhendo bons resultados

Possibilidade de crescer e ter mais 100 anos pela frente.


""Conheça quem faz a IMASA todos os dias.""

Publicado em 29 de junho de 2020 - 16:39 horas - Somos Todos Imasa

Comecei no departamento jurídico da Imasa em 1999, logo que me formei. Na faculdade eu sempre me interessei muito pela área do direito de trabalho, que tinha muito a ver com o que era desenvolvido aqui e também comecei a gostar bastante do ambiente empresarial. Uns anos depois, acabei fazendo uma especialização nessa área do direito empresarial e desde lá atuo nesse ramo aqui na Imasa.

Estamos numa fase mais calma com as demandas jurídicas, principalmente depois da reforma trabalhista. Agora eu tenho auxiliado o Ricardo e o Jalmar, devido a experiência que adquirimos aqui dentro, em áreas da gestão e administração da empresa.

O processo de recuperação judicial foi um momento complicado para nós. A empresa já não vinha numa situação econômica boa, já estava um pouco fragilizada e a crise de 2014, que atingiu nacionalmente a indústria, comércio e outros setores, afetou muito a Imasa. Nós passamos por períodos bem ruins nessa época e no final de 2016, nós percebíamos em alguns colaboradores, que são importantes na empresa, que eles ainda acreditavam que tínhamos viabilidade de continuar.

Acredito que o que pesou na época foi estarmos falando de uma empresa que é praticamente centenária. Como que uma empresa que tem 98 anos vai simplesmente desaparecer de uma hora pra outra? Então procuramos opções, mas achávamos que a Imasa não se encaixava no processo de recuperação judicial. Foi quando surgiu o contato da Dra Aline que nos trouxe um olhar diferente para a situação.

Algo que eu acompanho ao longo desses 21 anos aqui é a renovação das pessoas. Quando entrei havia pessoas com uma faixa etária elevada que foram aos poucos saindo. Hoje, a gente vê um pessoal mais jovem assumindo cargos importantes na empresa. A visão dos nossos consumidores também mudou muito. Agora eles estão mais ligados à tecnologia, mais conectados e com outras demandas. Eles se preocupam com a estética e o design dos equipamentos, algo que fomos mudando de acordo com as necessidades dos clientes.

Outra questão importante que destaco é a presença das mulheres na empresa. Quando entrei, jamais pensei que teria mulheres no chão da fábrica. Naquela época, na nossa realidade, ainda era algo impensável, mas hoje nós temos. São poucas, mas elas estão ali.

Com esse período difícil, tivemos que encontrar formas de nos reestruturar, repensar e nos reinventar para ganhar novamente o espaço no mercado. Temos o apoio do sindicato dos metalúrgicos que se tornou nosso parceiro, principalmente no pior momento da crise, e isso é muito importante.

Hoje, as pessoas que continuaram e acreditaram na empresa após esse período difícil, somam para que a gente trilhe esse novo caminho, vença os obstáculos e volte a ser uma empresa sadia e rentável, com possibilidade de crescer e ter mais 100 anos pela frente.


Últimas Notícias

A confiança que a gente tem é devido ao conhecimento dos equipamentos que a Imasa fabrica.

A caminhada da empresa começou lá atrás e a confiança que a gente tem é devido ao conhecimento…


Possibilidade de crescer e ter mais 100 anos pela frente.

"Conheça quem faz a IMASA todos os dias."